viernes, 23 de mayo de 2014

O Grupo Carmina - 2014 - Na trilha do novo mundo


O Grupo Carmina, criado em 1989 é uma verdadeira fortaleza cultural. O foco é o universo da música da Idade Média, a Renascença e o Barroco. O mote para este [Na Trilha do Novo Mundo] é contar através da música e dos poemas nascidos na Península Ibérica e suas ricas tradições influenciadas pelos árabes, judeus, africanos e orientais, a saga destes desbravadores e seguir a sua trilha até o Novo Mundo, mostrando suas transformações ao incorporar os elementos rítmicos que aqui encontraram. Fruto de intensas pesquisas,neste [Na Trilha do Novo Mundo],o grupo não se deixa aprisionar apenas pelo rigor técnico e dá uma lição de sensibilidade e nos emociona com canções repletas de lirismo e versos de construções poéticas maravilhosas. Lindo do começo ao fim e repleto de informações históricas, merecem destaque especial as canções de além mar e preservadas por aqui na tradição oral. [Cantigas de Santa Maria] por exemplo compilada na corte de Alfonso X, o Sábio(1221-1284) cuja a melodia sobrevive até hoje executada nas festas de reisado.

1. Ondas do Mar de Vigo
2. Estampie
3. Histórica Baetica
4. La Mañana de S. Juan
5. Como La Rosa em La Guerta
6. Cuando El Rey Nimrod
7. Meus Olhos Van per lo Mare
8. Pavana
9. Ay, Santa Maria
10. Ay, Luna que Reluzes
11. Ya Cantan los Gallos
12. Recercada Segunda
13. Ay, Triste que Vengo
14. Já não Podeis ser Contentes
15. La Spagna
16. Hoy Comamos e Bebamos
17. Ondas do Mar de Vigo/Rainha Ecantada
18. Bendito do Menino Jesus/Canção do Cego
19. Bendito
20. Sereia do Mar
21. Chula Ponteada
22. Cantiga de Santa Maria
23. Ondas do Mar de Vigo
24. Partite Sopra la Aria della Folia da Espagna

O ponto de partida para a escolha do repertório do espetáculo foram as histórias da Península Ibérica do final do século 15, contadas em música e verso. Foi naquela época que se deu o processo de expansão da Europa, resultando na descoberta, ou encontro, de novos mundos. Portugal e Espanha vivem as suas aventuras de conquista, em acontecimentos que trazem uma multiplicidade de significados e possibilidades de interpretação, além de constituir um momento determinante da História.

O roteiro musical apresenta uma possível trilha, uma hipótese poética, para esse mundo em movimento, na tentativa de descobrir o que movia os personagens desta grande viagem, além dos interesses econômicos, desejos de dominação, contradições e conflitos implicados. Com o que sonhavam, como amavam, o que temiam?

O Carmina procura mostrar um pouco das formas que essa música foi tomando ao incorporar elementos rítmicos e poéticos das culturas que aqui se encontraram, sempre no rastro musical dos colonizadores. Um processo de transformação cujos reflexos ainda hoje sentimos.

Ficha Técnica
Grupo Carmina
Ana Cristina Rossetto e Marília Macedo (flautas doces e krummhorner)
Abel Vargas (viola da gamba)
Gisela Nogueira (viola de arame)
Terezinha Saghaard (cravo e krummhorner)
Dalga Larrondo (percussão)
Heloísa Petri  e Mauro Wrona (canto)
Arranjos e roteiro: Grupo Carmina
Aqui

Entradas populares en la semana